Consciência pelo Movimento

“Consciência pelo Movimento” é o nome de uma das técnicas do Método Feldenkrais, caracterizada pela condução verbal do movimento e da atenção. Pode ser utilizada tanto individualmente como em grupo.

 

Estas lições criadas por Moshe Feldenkrais são um espaço para aprender e expandir-se. Em sua maioria, as seqüências de movimento são suaves e levam o aluno a construir referenciais  próprios de ritmo, força e amplitude, sempre com o parâmetro constante do conforto.

 

Cada lição abre oportunidades para trabalharmos ativamente nossos hábitos mais primitivos de postura, movimento e sentimento. É possível mobilizar a pessoa como um todo quando se trabalha com o fascinante jogo das forças envolvidas nesta dimensão do comportamento. Atualmente já existem muitos médicos, psicólogos e filósofos que se referem a este percurso que parte do movimento para atingir a organização da pessoa, a auto-imagem e a consciência. Observe este trecho escrito por Merleau-Ponty:

 

  … meu corpo, que havia pouco era o veículo do movimento, torna-se sua meta; (…) considero curiosamente essa estranha máquina de significar e a faço funcionar por diversão. O movimento abstrato cava, no interior do mundo pleno no qual se desenrolava o movimento concreto, uma zona de reflexão e de subjetividade, ele sobrepõe ao espaço físico um espaço virtual ou humano.

                                                – Merleau-Ponty in Fenomenologia da Percepção

 

Esta passagem descreve em parte a natureza das lições de Consciência pelo Movimento. Durante a execução dos movimentos a atenção consciente é levada ao pano de fundo proprioceptivo das ações e a intenção é desviada do “resultado” e redirecionada para a duração da ação, variando-se intencionalmente a relação entre os segmentos corporais. Além da atenção e do movimento, são utilizadas também a imaginação, a orientação espacial e as sensações de esforço, forma e volume.

 

 

 

Este processo acaba por gerar mudanças no aluno e é aí que começa a parte mais ativa: perceber as diferenças geradas em si mesmo, conhecê-las e manipulá-las: aprender. Por isso as sessões são chamadas de lição e não de exercício. Aprática regular leva à expressão plena dos potenciais de cada um e promove o refinamento da capacidade de escolha.

 

 

– por:  Hans Reikdal Machado

Psicólogo e Educador Somático

 

2 Responses to “Consciência pelo Movimento”


  1. 1 fernanda santos Agosto 21, 2010 às 9:04 pm

    Vivo em Portugal e gostaria de saber o que existe aqui sobre este tema. Estou interessada em conhecer mais aprofundadamente este assunto, que tomei conhecimento pela televisao , num canal brasileiro.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Artigos

Eventos

Rampa 2

Segmento I b

Segmento I a

Segmento I c

Lançamento da Formação - SP

Workshop SP

Workshop SP

Heide Jung workshop SP - 2008

Workshop SP - 2008

Hans Workshop SP - 2008

Mais fotos

%d bloggers like this: